Sobre o dia mundial sem carro


Gostaria de ter escrito esse post ontem 22 de Setembro,  mas estava deveras ocupada para tal, vale lembrar que a motivação era poder realizar uma análise sobre a campanha do “Dia mundial sem carro”. Talvez eu seja uma das poucas pessoas que não vai apoiar integralmente a campanha a favor do “dia mundial sem carro”, mas para isso eu tenho argumentos e pretendo compartilhar com vocês, no final fique a vontade, para concordar ou não concordar. A ideia original do post é ser provocativa mesmo. Continuar lendo

Compre sua “consciência tranquila”, aceitamos cartão de crédito


O que a educação ambiental crítica se propõe é ser crítica. A crítica, não é falar mal por falar, ou apenas apontar os erros de maneira leviana, é propor uma reflexão profunda pautada em argumentos. Uma educação ambiental que se pretenda crítica, deve reivindicar todo o conhecimento por de trás dos fatos, relevando “verdades” e desvelando “mentiras”, não visando contudo, construir uma nova “verdade”.

O post de hoje será baseado em uma experiência acontecida, durante uma aula do mestrado, onde estávamos em um Continuar lendo