Blog Educação Ambiental Crítica – 2 anos

2 anos do blog EA Crítica

Dois anos do blog Educação Ambiental Crítica – blog EA Crítica. Para mim é o segundo aniversário de um projeto inicial de divulgação na internet, desta outra perspectiva, essencialmente questionadora de se fazer/pensar a educação ambiental. Para os leitores, uma oportunidade de encontro com outro olhar sobre as questões ambientais, numa tentativa de realizar um
contraponto ao que é divulgado na grande imprensa e meios digitais de comunicação. Para os professores, pesquisadores e interessados na área ambiental, um espaço de reflexão e possibilidade de um questionamento mais profundo, sobre sua práxis, sobretudo em educação ambiental.

Minha proposta inicial com este blog era a divulgação de uma educação ambiental que se propõe crítica no ciberespaço. Segundo Lévy (1999) o ciberespaço ou rede se caracteriza por ser um “novo meio de comunicação que surge da intercomunicação mundial dos computadores” (p. 17).  No entanto, para o mesmo autor, o ciberespaço vai além da estrutura física da comunicação digital, é também composto pelo universo das informações e pelos seres humanos que navegam e constroem essa rede.

Em relação as interações entre os seres humanos que constroem a grande rede, nós constatamos, após esses dois anos de atividades do blog, que um outro objetivo foi também atingido além da divulgação. Um traço que caracteriza o blog EA Crítica é o diálogo com seus leitores, estes pertencem a diversas áreas de conhecimento: Geografia, biologia, ciências sociais, arquitetura, direito, engenharia ambiental, engenharia florestal, gestão ambiental e pedagogia; e atuam em diferentes áreas, relacionadas a atividades do magistério na educação básica e superior, atividades, em consultorias de educação e assuntos ambientais, gestão ambiental, cooperativas e ONGs (Organizações Não Governamentais) socioambientais, em projetos de bioconstrução, permacultura, paisagismo e biologia (pesquisa realizada de fevereiro a março de 2012).

Desde 24 de abril de 2010 já tivemos mais de 37 mil visitas e até o momento criamos uma rede de interlocutores que é composta por 301 seguidores do twitter (@eacritica); 691 pessoas que curtem a nossa página no facebook (https://www.facebook.com/eacritica) e 28 blog followers no wordpress.

A realização de um trabalho necessário de divulgação da educação ambiental crítica e o surgimento de um ponto no ciberespaço, onde é possível se travar inter-relações com nossos leitores é a nossa maior contribuição com o EA Crítica. Pretendemos assim, continuar com os nossos post e com a divulgação da educação ambiental crítica na rede, explorando toda essa possibilidade que possuem os blogs na educação e ensino, apesar de ainda ser incipiente o seu uso, não atingindo a maior parte da comunidade escolar e acadêmica no Brasil (MANTOVANI, 2006).

Acredito que, em relação a educação ambiental crítica, caso houvesse uma abordagem mais crítica na rede, isso provavelmente possibilitaria o aumento da sua divulgação e construção de uma práxis mais reflexiva em relação ao que se tem feito em educação ambiental no Brasil. Desta forma, talvez poderíamos superar alguns aspectos conservadores da educação ambiental que, com suas práticas pouco contextualizadas, não tem como horizonte a transformação da atual sociedade e de seus problemas sociais e ambientais, pois em sua analise não expõe as causas, apenas as consequências desses problemas.

Um convite que faço, nestes dois anos de EA CRÍTICA, é que mais professores, educadores ambientais, ambientalistas, estudantes, graduandos, pós-graduandos e líderes comunitários, que se filiam a vertente crítica em sua práxis diária, que se apropriem da tecnologia dos blogs, para a divulgação de ideias e projetos, para a construção de reflexões e abordagens sobre a temática ambiental, que contemplem diferentes olhares de diferentes formações, com o objetivo de realizar uma contraposição a educação ambiental conservadora, que não tem como objetivo mudar o status quo da sociedade atual. Quem sabe o caminho não começa por aqui também…

Obrigada a todos por tudo!

Blog Educação Ambiental Crítica

Referências:

LÉVY, Pierre. Cibercultura. São Paulo: 34, 1999.

MANTOVANI, A. M. . Weblogs na educação: Construindo novos espaços de autoria na prática pedagógica. Prisma.com, v. N 3, 2006 p. 327-349.

Anúncios

Uma opinião sobre “Blog Educação Ambiental Crítica – 2 anos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s