Em busca de uma práxis em educação ambiental crítica: Contribuição de alguns pesquisadores do Brasil

Vamos participar de mais um evento: O VI EREBIO – VI Encontro Regional de Ensino de Biologia, nos dias  1, 2 e 3 de Agosto de 2012 no CEFET-RJ. Além estar presente em um evento que é importante no ensino de Biologia, vamos apresentar  a nossa pesquisa acadêmica de mestrado: “EM BUSCA DE UMA PRÁXIS EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL CRÍTICA: CONTRIBUIÇÕES DE ALGUNS PESQUISADORES DO BRASIL”.

Neste post tentarei resumir os elementos principais da pesquisa, que pretende propor uma retomada da própria trajetória da educação ambiental no Brasil, em direção aos seus conflitos, campos de disputa e divergências, baseada em leituras e releituras de suas práticas e teorias. E o que o blog EA Crítica tem a ver com isso? Bom, esse blog é talvez meu primeiro esforço em divulgar essa vertente da educação ambiental crítica, visando ampliar o número de pessoas conhecedoras desse novo olhar sobre as questões ambientais e sociais. O blog, é um espaço no ciberespaço  de divulgação desta proposta, além de contribuir com citações de outras referências, de outros autores, blogs, textos e conteúdos, críticos e outros assuntos relacionados a educação.

Voltando a pesquisa, nossa abordagem é em cima da proposta crítica da educação ambiental, que possui como proposta evidenciar “as relações de poder e dominação que engendram as sociedades contemporâneas, para que, na compreensão/ação política do processo de constituição da realidade socioambiental, se estabeleça o fazer pedagógico que se pretende com a educação ambiental” (GUIMARÃES, 2000, p.82). Esta proposta de abordagem na educação ambiental é  tipicamente brasileira e surge da educação popular de Paulo Freire e da pedagogia crítica, que tem seu ponto de partida na teoria crítica marxista de interpretação da realidade social, da exploração da natureza e do aviltamento dos trabalhadores. Associa também discussões trazidas pela ecologia política que insere a dimensão social nas questões ambientais, passando essas a serem trabalhadas como questões socioambientais.

Além de uma pesquisa bibliográfica relacionada a vertente crítica, o que caracteriza a principal contribuição da pesquisa são as entrevistas não diretivas, realizadas com alguns dos principais pesquisadores da educação ambiental crítica no Brasil, para uma construção mais sólida de uma práxis dentro desta vertente. As entrevistas gravadas em áudio, passam por um processo de transcrição e serão analisadas de maneira livre. Posteriormente serão selecionados trechos relevantes para a construção de uma práxis em educação ambiental crítica e confeccionado um material didático no formato de revista. Esse material didático será apresentado aos professores da educação básica do Brasil, e claro que pretendemos também disponibilizá-lo aqui no blog EA Crítica.

Esperamos que essa pesquisa contribua na construção de um campo teórico-prático da educação ambiental crítica no Brasil, através da dissertação e do material didático que será elaborado. Desta maneira esperamos que nossa produção seja mais um ponto de apoio àqueles que buscam uma práxis diferenciada, como professor e educador ambiental.   Deixando de lado abordagens meramente conservacionistas e pragmáticas, de modo a desenvolver uma educação ambiental que se apoie no pensamento crítico, com o objetivo de analisar todos os elementos que estão presentes nos processos de produção modernos, que são a origem dos impactos sociais e ambientais presentes em nossa sociedade.

Desejem-me sorte, pois o trabalho é grande e importante! E minha maior satisfação será tornar ainda mais conhecida essa proposta crítica da educação ambiental. Em breve disponibilizo o trabalho completo (apresentado no IV EREBIO) para a leitura de vocês.

Referência:

GUIMARÃES, M. Educação ambiental: no consenso um debate? Campinas, Papirus, 2000.

Atualizado em 03/08/2012

Link para o trabalho:  http://pt.scribd.com/doc/101941510

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s