Blog EA Crítica: Perspectivas daqui em diante


Esse é o primeiro post do blog EA Crítica nesse ano de 2014. Devo admitir que após o término do mestrado, onde estive incessantemente em contato com a busca de uma práxis em Educação Ambiental Crítica, dei uma relaxada com as atividades do blog. A defesa foi uma espécie de fechamento de ciclo em minha vida, e com isso reconheço que a frequência com que eu escrevo aqui diminuiu drasticamente. Não que eu tenha deixado de pensar a educação ambiental e o ambiente criticamente, pelo contrário, mas falta-me ânimo, e na maioria das vezes tempo, para compartilhar isso aqui no blog. Continuar lendo

Estamos em greve!


As duas maiores redes de educação pública do Rio de Janeiro, que dão conta de grande parte do ensino básico, no município e no estado do Rio de Janeiro estão em greve. Eu dou apoio, total e irrestrito a greve da rede municipal, até porque, é que sofreu a maior arbitrariedade com a votação a fórceps de seu plano de cargos e salários numa câmara municipal, sem a possibilidade democrática da presença dos profissionais da educação dentro da câmara dos vereadores e com forte repressão policial do lado de fora na Cinelândia. No entanto, eu sou e estou em greve pela rede estadual, cabe lembrar que a rede estadual está em greve desde o dia 8 de agosto, e com uma adesão menor do que a da rede municipal.  Continuar lendo

O que um blog de Educação Ambiental tem a ver com os protestos das passagens?


Essa pode ser a primeira pergunta que os nossos leitores farão, “ué, mas vocês não falam de educação ambiental?”, a resposta vem rápida: Não. Falamos de ambiente, educação ambiental, educação e trabalho, isto é, tudo o que se desenvolve em nosso ambiente, ou seja, podemos falar de tudo.  Ser um blog de educação ambiental não nos impede uma leitura crítica do mundo e das suas relações, isso é educação ambiental crítica. Continuar lendo

Blog Educação Ambiental Crítica – 3 anos


Três anos de blog Educação Ambiental Crítica nesse dia 24 de Abril de 2013, como sempre cabe uma reflexão, movimento que inclusive já iniciei com esse post aqui.  O atravessar de todo esse tempo como blogueira, professora e pesquisadora a partir de uma práxis incansável, esse eterno movimento entre teoria e prática, me permitiu um amadurecimento acadêmico e pessoal muito grande, o que me faz até entender que às vezes necessitamos de momentos de recuo, para posterior avanço no campo que eu escolhi (ou será que fui escolhida?), para realizar minha trajetória de vida pessoal, acadêmica e profissional. Continuar lendo

Dia mundial sem carro e outras campanhas comportamentalistas


Essa foi a nossa colaboração para a Rede EBC – Empresa Brasileira de Comunicação, sobre o “Dia mundial sem carro”, leia a reportagem colaborativa na íntegra em: Dia Mundial Sem Carro: veja relatos de quem curte e de quem não gosta da ideia. Segue abaixo do trecho em que eu comento:

Minha opinião em relação à campanha do “Dia mundial sem carro” é ela ser comportamentalista demais, pois percebo apenas a proposta de não se usar o carro, mas pouca reflexão sobre essa e sobre outras questões Continuar lendo

O fenômeno do Diário de Classe de Isadora Faber: um contraponto


Sei que com este post, vou me aventurar em outro campo que não é o da educação ambiental crítica (o foco do blog), mas é sobre educação, e me sinto a vontade para falar sobre esse assunto pois sou professora. É também uma reflexão sobre alguns fenômenos que ocorrem nas redes sociais, que apesar de eu não possuir uma profundidade teórica grande, exercito Continuar lendo

Blogs verdes: uma reflexão necessária


O uso do computador e da internet cada vez mais facilita o acesso a informação, este é encarado como um ponto de um novo espaço, o ciberespaço. As informações contidas nos computadores em todo o mundo, no ciberespaço, possibilitam aos usuários um acesso a novos mundos, novas culturas, sem a locomoção física. Com todo este armazenamento de textos, imagens, dados, etc. fonte: Wikipédia.

Algumas estatísticas, dados e projeções atuais sobre a Internet no Brasil demonstram que possuímos 60 milhões de Continuar lendo