Educação ambiental crítica: O contraponto necessário a hegemonia da educação ambiental conservadora


Esse post surgiu da necessidade da reflexão de quantos campos de disputa, existem dentro do que comumente chamamos de educação ambiental. Provavelmente em uma área de complexa formação social, existem sem dúvida algumas “educações ambientais” as quais tentaremos definir aqui, dentro da perspectiva delas serem ou não hegemônicas, e em relação as suas vertentes político-pedagógicas, epistemológicas e ideológicas. Ao final, tentaremos pontuar, as principais características da educação ambiental, em que se baseiam, ou ao menos tenta se basear, as reflexões desse blog, a educação ambiental crítica. Continuar lendo

Uma outra visão: ciência, tecnologia e meio ambiente


Há uma espécie de consenso entre muitos ambientalistas, quando o assunto é a questão da degradação ambiental, de que a ciência e tecnologia podem ser grandes mitigadores, restauradoras e até mesmo salvadoras de todos os nossos problemas. Podemos, por exemplo, analisar a questão do aquecimento global antrópico, cuja principal causa é a queima de combustível fóssil, emitida por indústrias e automóveis. Neste caso, é muito difundido que a substituição por meios de produção menos poluentes e a produção de carros elétricos, por exemplo, podem trazer a miraculosa solução para esta questão Continuar lendo